Standard Bank inaugura Escola “Futebol Club do Cazenga” com 300 Crianças inscritas no ensino Geral

FONTE:

NNH

AUTOR:

20245491_1910767675914535_3514282745312934753_n

O projecto Heróis de Azul, do Standard Bank de Angola (SBA), inaugurou  “Estevadas Futebol Clube do Cazenga”, um projecto concebido, numa primeira fase, para aulas de futebol e que conta actualmente com cerca de 300 crianças inscritas no ensino geral.

Criada com o intuito de ocupar a juventude no seu tempo livre em função das dificuldades da comunidade e do elevado índice de crianças fora do ensino escolar no Cazenga, a escola lecciona da iniciação à 8ª classe, sob direcção de Esteves Francisco, mentor do projecto e presidente da Associação Estevadas Escola Futebol Clube do Cazenga.

“As acções dos Heróis de Azul estão assentes em promover o crescimento das comunidades onde intervêm. Está muito alinhada à nossa responsabilidade social que se foca estritamente em programas de educação e de saúde. O “Estevadas Futebol Clube” alberga 300 crianças e o impacto positivo que isso vai ter nas suas vidas é imensurável. Pretendemos continuar a apoiar as comunidades e albergar mais parceiros que nos ajudem em projectos dessa natureza”, afirma Yonne de Castro, Administradora Executiva do Standard Bank de Angola.

Por seu turno, Albino da Conceição, Administrador municipal do Cazenga, que reforçou os ganhos desta iniciativa para a comunidade, realçou a dedicação do mentor do projecto. “O Esteves é um jovem que tem dedicado parte da sua vida ao serviço da comunidade. 14 anos depois conseguiu a parceria com o Standard bank, que através de um bom empreiteiro reabilitou estas instalações e vai juntar-se ao seu projecto futebolista. Ou seja, juntar a formação desportiva a uma formação escolar para que esses jovens para além de serem futebolistas consigam constituir-se bons cidadãos”.

Para o responsável pelo Cazenga os ganhos são muitos porque as crianças que estão envolvidas na “Estevadas Futebol Clube” garantidamente não serão delinquentes.

Embora o Desporto e a educação sejam as prioridades, o projecto conta com uma componente social local no apoio aos encarregados de educação no registo das crianças para obtenção o Bilhete de Identidade, na matrícula para as escolas estatais, ofertas de redes mosquiteiros e ainda na realização de actividade solidárias onde os bens arrecadados são oferecidos às famílias mais carentes.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados