São Tomé/Eleições: Polícia de choque obriga manifestantes a recuar

Militantes do MLSTP-PSD manifestaram-se quanto a uma alegada recontagem de votos numa assembleia eleitoral

FONTE:

Lusa

AUTOR:

São Tomé e Príncipe MLSTP-PSD

A Polícia de Defesa do Estado de São Tomé e Príncipe interveio esta noite na capital são-tomense, fazendo recuar uma multidão de manifestantes que protestavam contra a recontagem de votos na comissão eleitoral distrital, após as eleições de domingo.

Centenas de simpatizantes do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe – Partido Social Democrata (MLSTP-PSD, segundo partido mais votado nas legislativas de domingo) concentravam-se desde cerca das 16h00 em frente à comissão eleitoral distrital de Água Grande, contestando uma alegada recontagem de votos das eleições da véspera, que diziam ser contrária à lei.

Os militantes do MLSTP diziam recear que os votos sejam alterados.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados