Saiba em que cidades vivem os bilionários

É gente com mais de 30 milhões de dólares, que vive onde há bons cuidados de saúde e que, entre os produtos de luxo, investe sobretudo em whisky raro

FONTE:

NNH

AUTOR:

riqueza

As pessoas mais ricas do mundo optam por um restrito número de cidades para viver, entre as quais se incluem Londres, Tóquio e Singapura, refere o Relatório sobre a Riqueza de 2019 da Knight Frank. Apesar dos Estados Unidos serem a maior economia do mundo, apenas Nova Iorque se inclui entre as cidades favoritas dos mais ricos, assinala a Bloomberg, que cita o relatório.

Considerando as pessoas que detêm uma fortuna superior a 30 milhões de dólares, a Ásia é o continente onde mais se concentram, distribuindo-se por Tóquio (3.732), Singapura (3.598), Pequim (1.673), Seul (1.594) e Taipé (1.519). Segue-se a Europa, com Londres na liderança, acolhendo 4.944 bilionários, seguida de Paris (1.667) e Zurique (1.507). Na América do Norte 3.378 vivem em Nova Iorque e 1.352 em S. Paulo, na parte Sul do continente americano.

O relatório explica as razões dos muito ricos preferirem as grandes metrópoles: oportunidades de negócio, estilos de vida desejados, serviços de saúde e boas infraestruturas de transporte. Em particular Londres, a capital e centro financeiro e um dos maiores centros de saúde mundiais corresponde na plenitude ao que o bilionários procuram numa cidade para se instalar.

E em que produtos de luxo investem mais os muito ricos? Sobretudo em Whisky raro, cujo valor se apreciou, em dez anos, 582%. Também adquirem carros de grandes marcas, designadamente “clássicos”, que valorizaram, no mesmo período, 258%, moedas, selos, arte, vinho, relojoaria e diamantes.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados