Mais de 400 mulheres grávidas com VIH “SIDA”

FONTE:

Noticias na Hora

AUTOR:

Nilton Monteiro
_AM39775

A primeira dama, Ana Dias Lourenço, e líder da campanha “Nascer Livre para Brilhar”, visitaram ontem, duas unidades hospitalares de Luanda.

Esta campanha teve apoio do governo da província de Luanda, ministérios da promoção da mulher, Ministério da Saúde, instituto nacional do SIDA e outras entidades.

Ana Dias Lourenço disse estar muito engajada e satisfeita com os resultados da campanha e com o apoio das suas assessoras e da equipa em geral.

“Viemos constatar como as coisas funcionam no âmbito da protecção, da prevenção e da transmissão vertical do VIH de mãe para filho, e como os serviços estão organizados, e ainda como estão a ser implementadas as formas de prevenir a doença”, acrescentou a primeira dama. A líder do “Nascer livre para Brilhar”, afirmou “estar muito satisfeita” com os resultados observados nos hospitais do Cajueiro do Cazemga e Lucrécia Paim.

Ana Dias Lourenço admitiu que “ainda há muito trabalho a fazer, temos de aumentar a prestação dos serviços, estar mais perto das comunidades, das periferias, também para diminuir a concentração de pessoas nas unidades hospitalares”.

A directora geral da Maternidade Lucrécia Paim, Manuela Mendes, revelou  terem-se registado, o ano passado, 28.006 partos, com um número de 800 mulheres seropositivas. No primeiro trimestre deste ano, 404 mulheres tinham VIH, apresentando as crianças uma taxa de 1% de contaminação pelo vírus.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados