Brasil: Bolsonaro, de extrema-direita, lidera entre mulheres e negros

Jair Bolsonaro (PSL) ganha a Fernando Haddad (PT), de acordo com a sondagem do Ibope,, com 59% a 41% dos votos válidos

FONTE:

Agência Brasil/NNH

AUTOR:

Jair Bolsonaro Brasil

Os resultados da sondagem de intenção de voto divulgada esta segunda-feira (15) pelo Ibope Inteligência – dá vantagem ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT) na disputa presidencial da segunda volta das eleições brasileiras, com 59% a 41% dos votos válidos (excluindo nulos, brancos e indeciso) – assemelhando-se aos resultados das eleições presidenciais de 2002 e 2006.
Quem recorda às parecenças é a directora-executiva do Ibope, Marcia Cavallari, para quem “os resultados são mais parecidos” com as eleições vencidas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do que com os pleitos ganhos pela ex-presidente Dilma Rousseff. Em suas duas vitórias, Lula obteve cerca de 61% dos votos válidos. Na campanha de 2010, Dilma atingiu 56%. Em 2014, o percentual caiu para 51,6%.
Conforme Cavallari, os dados da última pesquisa eleitoral “mostram homogeneidade” em favor de Jair Bolsonaro. O candidato do PSL vence entre homens (58% das intenções de voto na pergunta estimulada, diante de 33% de Haddad), entre mulheres (46% contra 40%), e em todas as faixas etárias. Há preferência também entre brancos (60% contra 29%), pretos e mestiços (47% contra 41%) e pessoas de outras raças ou cores (52% a 39%).

Bolsonaro também é preferido entre evangélicos (66% contra 24%), e tem mais intenções de votos entre católicos (48% contra 42%) e pessoas de outras religiões (44% contra 40%). Os dados são nominais – diferente da totalização de votos válidos que não contabilizam declarações de voto branco, nulo e de entrevistados indecisos.
Fernando Haddad vence apenas em três estratos, de acordo com a sondagem do Ibope. O candidato do PT é o favorito na Região Nordeste (57% contra 33%); entre os eleitores com até a 4º grau do ensino fundamental (52% contra 41%); e pessoas com até um salário mínimo de rendimento familiar (53% contra 38%). Jair Bolsonaro lidera nas demais regiões, faixas de escolaridade e níveis de rendimento.

Um homem rico

Refira-se que um levantamento realizado pela Folha de S.Paulo chegou a um resultado curioso: o deputado e candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSC-RJ), em conjunto com os seus três filhos que exercem mandato, são donos de 13 imóveis que somam quase 15 milhões de reais, cerca de 4 milhões de dólares. Altamente valorizados no mercado, os imóveis estão localizados em pontos estratégicos do Rio Janeiro, como Copacabana e Barra da Tijuca.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados