Banco Económico lança aplicação a prazo com rentabilidade de 12%

O Banco Económico lançou uma aplicação a prazo com uma taxa de rentabilidade até 12% e acesso imediato a um limite de descoberto na conta à ordem

FONTE:

NNH

AUTOR:

Banco Económico

O Banco Económico lançou uma aplicação a prazo com uma taxa de rentabilidade até 12% e com acesso imediato a um limite de descoberto na conta à ordem, caso o cliente necessite inesperadamente de liquidez. O novo Depósito Rendimento Flexível “privilegia modalidades de subscrição de maior prazo, para estimular os clientes para a adopção de conceitos de poupança mais sustentáveis”, informa a instituição  em comunicado hoje divulgado.

O Depósito Rendimento Flexível tem um montante mínimo de subscrição de 250.000 kwanzas para clientes particulares e 500.000 kwanzas para clientes Umoxi (affluent). Para além disso, são permitidos reforços pontuais, ou ainda estabelecer um plano de entregas periódico, com alterações de periodicidade e montantes, a qualquer momento. A aplicação disponibiliza opções de subscrição para 12, 18 e 24 meses com taxas TANB (Taxa Anual Nominal Bruta) até 12%, sempre com os juros pagos mensalmente.

Esta aplicação não permite realizar mobilizações antecipadas durante o prazo do contrato. Porém, em caso de necessidade, o cliente poderá recorrer à possibilidade de descoberto associado ao produto, através da qual o banco permite a disponibilização de fundos até 80% do montante aplicado no depósito a prazo, de imediato, e com toda a flexibilidade de utilização e reembolso.

Henda Teixeira, administradora do Banco Económico, citada no comunicado, lembra que “o banco tem vindo a implementar uma sólida estratégia de segmentação de mercado, com o objectivo de criar produtos e serviços que antecipem as necessidades dos clientes e respondam às expectativas dos diferentes perfis de consumidores. Este posicionamento implica, também, o estudo e a análise rigorosa do comportamento dos consumidores, face aos diversos produtos bancários e financeiros existentes. Sabemos que o conceito de poupança ainda enfrenta alguns desafios no mercado angolano, por isso, o Depósito Rendimento Flexível foi concebido para estimular a apetência por aplicações com prazos mais extensos, privilegiando o longo prazo com uma taxa de rentabilidade mais atractiva”.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados