Angola aproxima-se das regras da Organização Mundial do Comércio

FONTE:

Lusa

AUTOR:

Porto-de-Luanda-Angola

Angola ratificou, em Genebra (Suíça), o compromisso relativo ao Acordo sobre a Facilitação do Comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC). O compromisso tem como objectivo aumentar os fluxos globais de exportações, eliminar barreiras administrativas e procedimentos que dificultam as trocas comerciais a todos os níveis.
Segundo a edição deste sábado do Jornal de Angola, que cita um comunicado do Ministério do Comércio angolano, o documento foi assinado pelo Presidente de Angola, João Lourenço, e levado a Genebra pelo director nacional do gabinete do Comércio Externo, Lukonde Luansi.
O acordo assinado vai beneficiar particularmente as Pequenas e Médias Empresas (PME), melhorar o nível de competitividade, promover os investimentos em geral e reduzir o tempo necessário para importar e exportar.
No quadro da OMC, a facilitação do comércio serve para simplificar e uniformizar os procedimentos comerciais e aduaneiros, bem como difundir informações relativas às importações e exportações de mercadorias.
Neste contexto, os membros da OMC clarificaram e reforçaram o Acordo Geral sobre as Tarifas Aduaneiras e o Comércio (GATT), aprovadas na 9.ª Conferência Ministerial da OMC, realizada em 2013, em Bali (Indonésia).
Segundo dados da OMC, o acordo tem a capacidade de fomentar o comércio internacional em mais de 950.000 milhões de dólares e criar 20 milhões de novos empregos.

Partilhe esta notícia

Artigos relacionados